domingo, 19 de dezembro de 2010

MATAR A CRIATIVIDADE

Convidamos todos os professores, pais e pessoas interessadas em educação a visitar o blog http://valorizarexpressoes.blogspot.com/ criado exclusivamente para diagnosticar a empatia com os argumentos que justificam as expressões artísticas no curriculum escolar; elaborar um número reduzido de perguntas concretas ao Governo sobre o destino e pertinência das áreas das expressões no ensino.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

ESTRELA DE NATAL

Neste vídeo vais aprender a fazer uma estrela a partir de uma garrafa de plástico.

sábado, 13 de novembro de 2010

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

terça-feira, 10 de agosto de 2010

RECICLAGEM DE LATAS

Com a técnica da marmorização

SALVEM O MUNDO

sábado, 7 de agosto de 2010

quarta-feira, 28 de julho de 2010

sábado, 26 de junho de 2010

quinta-feira, 24 de junho de 2010

SACOS RECICLADOS



TEMOS DE CONTRIBUIR PARA MELHORAR O NOSSO PLANETA

quarta-feira, 28 de abril de 2010

sábado, 6 de março de 2010

PAPEL MACHÊ

AQUI ESTÁ O TRABALHO DA
ANA FILIPA OLIVEIRA
O que é Papel Machê?-
Papel machê (palavra originada do francês papier mâché, que significa papel picado, amassado e esmagado), é uma massa feita com papel picado ensopado na água, coado e depois misturado com cola e gesso A técnica de Papel Machê permite moldar objectos em diferentes formatos, utilitários e decorativos.
A massa deve ser usada no máximo de um dia para outro mas guardada.

Receita: machê (receita 01)
• 1/4 de rolo de papel higiénico
• Farinha de trigo
• Gesso em partes iguais a da farinha de trigo
• Cola fria


Cortar o papel em pedaços bem pequenos e deixá-los de molho em bastante água durante a noite. Ferve-los na mesma água, durante uma hora. Para obter melhor qualidade no trabalho, é importante que o papel fique completamente desmanchado. Em seguida coar o papel num pano, até tirar toda a água. Coar de cada vez quantidades que se possa espremer facilmente com as mãos e não misturar esses "bolos" entre si. Depois de espremido todo o papel, acrescenta-se o gesso e a farinha de trigo, previamente misturados. A proporção para a massa é de uma colher de sopa cheia da mistura farinha-gesso e uma colher de sopa de cola fria, para cada "bolo" de papel. Amassar bem, até obter uma pasta homogénea. Se estiver muito seca pode-se esfarinhar. Neste caso, acrescenta-se água aos pouquinhos, até se obter o ponto em que possa-se trabalhar a massa. Se a água começar a escorrer entre os dedos, é porque se colocou quantidade excessiva. Neste caso, acrescenta-se um pouco mais de gesso. Não preparar quantidade maior de massa do que aquela que se pretende usar, pois uma vez seco o gesso, não será possível aproveitar a massa. Se desejar fazer escultura com esse material, não usar gesso, ao preparar a mistura. Fazer apenas com o papel, farinha e cola fria, na proporção indicada anteriormente.


Papel machê (receita 02)
• Jornais
• Cola fria
• Recipiente


Rasgue o jornal em pedaços não muito grandes e coloque-os num recipiente. Derrame sobre eles água quente a fim de molhá-los bem. Deixe o papel amolecendo por 10 a 12 horas (uma noite), no mínimo. Esprema com força a massa entre as mãos a fim de retirar toda a água; recoloque as bolas formadas no recipiente. Adicione a cola e forme uma massa, de preferência, compacta; trabalhe-a bem com as mãos e ela está pronta para ser usada

PARABÉNS ANA

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

domingo, 31 de janeiro de 2010

BOA SORTE

Este trabalho foi feito para o VIII Concurso de Expressão Plástica da APECV “Olhar Helena e Arpad”, pelas alunas do 6ºE - Adriana ,Paula, Raquel, Olívia e Daniela.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Carnaval

Dicas de Segurança na Internet Para Adolescentes>
1) Sê cuidadoso com o que publicas na Web e sobre o que dizes aos outros. A Web é um local muito mais público e permanente do que parece.
2) Nomes e imagens provocantes e sexy podem atrair a atenção de pessoas que não queres na tua vida.
3)Imagens sexy podem pôr-te em sarilhos com a lei.Se fores menor de idade, tal pode ser considerado pornografia infantil, um crime sério.
4) Sê cuidadoso com os downloads que fazes ou com o que vês, mesmo que a troco de uma gargalhada. Algumas imagens na Internet são extremas e não podes "desvêr" uma coisa.
5) Ir a salas de chat de cariz sexual sexo e a outros sites de sexo pode ligar-te a pessoas que te podem assediar de formas que não anteciparás.
6)Os downloads gratuitos e a partilha de ficheiros podem levar pornografia ao teu computador que tu podes não desejar e da qual pode ser difícil livrares-te. Qualquer pornografia que mostre crianças ou adolescentes menores de 18 anos é pornografia infantil ilegal e pode colocar-te em grandes problemas.
7)Os adultos que falam contigo sobre sexo online estão a cometer um crime. Tal como o estão adultos que se encontram para actividades sexuais com adolescentes menores de idade. Alguns adolescentes pensam que pode ser divertido, inofensivo ou romântico, mas tal significa grandes problemas para todos os envolvidos. O melhor a fazer é denunciar esse tipo de situações.
8)Não alinhes com pessoas que na Web estão a comportar-se mal, correr riscos e actuar de forma estranha. Mesmo se pensares que é inofensivo e que aches que consegues lidar com a situação, pois apenas os irás encorajar e poderás colocar em risco outros jovens.
9) Denuncias os casos de outras pessoas que estejam a actuar de forma estranha ou inapropriada ou a assediar-te ou a assediar outros. Estas pessoas podem ser perigosas e desligares-te dá menos trabalho. Guarda as comunicações. Contacta o gestor do site, o teu fornecedor de serviços Internet, a LinhaAlerta ou até a polícia.
10) Não deixes os amigos influenciar as tuas boas decisões. Se estás a navegar na companhia de amigos, não os deixes pressionar-te para fazeres coisas que normalmente não farias.
11) Sê cuidadoso se te fores encontrar com pessoas que conheceste através da Internet. Poderás pensar que as conheces bem, mas elas podem enganar-te. Vai com um amigo. Avisa os teus pais. Encontra-te num local público. Certifica-te que tens o teu telemóvel e um plano de saída.
12) Não assedies os outros. As pessoas podem retaliar de maneiras que não esperas.
13) Podes sobrestimar as tuas capacidades para lidar com as situações. Pode parecer que és cuidadoso, conhecedor, consciente dos perigos e capaz de gerir os riscos que tomas, mas há sempre o desconhecido. Não arrisques o desastre.
- Extracto de documento preparado por David Finkelhor, Janis Wolak, e Kimberly Mitchell para o Crimes against Children Research Center, University of New Hampshire. Para mais informação: www.unh.edu/ccrc. Tradução para Português: Tito de Morais, Projecto MiudosSegurosNa.Net, http://www.MiudosSegurosNa.Net. Autorização para tradução e distribuição gentilmente cedida pelos autores.